Blog

Explore nosso conteúdo e crie novas possibilidades!

Como as marcas podem aproveitar a febre dos reality shows

Não se fala em outra coisa nas redes sociais nos últimos meses. A 21ª edição do Big Brother Brasil tomou conta da internet. A paixão pelo reality – e outros em geral – movimenta os internautas e gera muito engajamento para as marcas patrocinadoras. Outras pegam o embalo da popularidade do programa e usam jargões e memes dos participantes para gerar conteúdo.

Mas o formato pode ser ainda mais bem aproveitado no Marketing. Muitas marcas estão apostando em um conteúdo mais contínuo para criar engajamento com o público.

As webséries, por exemplo, são uma maneira de contar uma história com início, meio e fim, prendendo a atenção e criando um conteúdo mais leve e divertido. Marcas como American Airlines, Microsoft, Claro, Suvinil e Guaraná Antarctica apostaram no entretenimento, que é peça-chave para esta ferramenta do audiovisual. Aqui, o propósito não é necessariamente vender, mas sim informar, esclarecer ou prender a atenção do espectador. A venda se torna consequência desse engajamento e relacionamento com quem está assistindo.

A Clínica de Estética Claudia Massolim, no Mato Grosso do Sul, é outro exemplo de como aproveitar a febre dos realities para gerar conteúdo nas redes sociais. Com produção da unidade da Artes Filmes de Campo Grande, o espaço lançou o “Estética na Real”, um reality show em que a fisioterapeuta Claudia Massolim, proprietária da clínica, mostra o seu dia a dia na busca de uma maior qualidade de vida, realizando os procedimentos estéticos do estabelecimento.

A aposta foi certeira. Além de apresentar os serviços realizados pela clínica, a websérie gera expectativa a cada episódio. E para criar uma proximidade com o público e afastar o viés comercial dos vídeos, Claudia ainda dá dicas de alimentação saudável.

Mas dá para fazer isso para qualquer segmento de negócios? Se houver planejamento, sim! É preciso pensar nos seus objetivos antes de traçar as estratégias. Fique atento também a estes pontos:

- Sua história tem de ter princípio, meio e fim. Recorra ao storytelling para construir as narrativas;

- No final de um vídeo, adicione uma chamada para o próximo episódio;

- Faça um teaser para o lançamento, para as pessoas saberem o que vão encontrar nos vídeos;

- Divulgue, divulgue e divulgue! Faça stories anunciando um novo episódio, mostre os bastidores, converse com sua audiência sobre o que ela espera no próximo capítulo.

Webséries agregam valor e criam uma proximidade com o público. Quando você menos esperar, todo mundo estará falando da sua marca.

Como seria um reality show do seu negócio? Conta para a gente aqui nos comentários!

Artes Filmes